quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Jaime Rangel tem candidatura para vereador impugnada

Gazeta de Votorantim
 Luciana Lopez


Jaime Rangel
TV Votorantim/ Arquivo

O candidato a vereador Jaime Augusto Rangel Filho (PTN) teve seu registro de candidatura para as eleições 2016 impugnado em primeira instância em decisão proferida pela juíza eleitoral de Votorantim, Luciana Carone Nucci Eugênio Mahuad, na tarde desta quarta-feira (31).
O pedido de impugnação foi apresentado ao 220º Cartório Eleitoral de Votorantim pelo promotor de Justiça Wellington dos Santos Veloso que se baseou na Lei da Ficha Limpa, sob o fundamento de condenação por improbidade administrativa por um processo de quando Jaime Rangel foi vereador no período de 1997 a 2000. Na ocasião, todos os vereadores em exercício receberam verbas extras de ajuda de custo para combustível e para participar de sessões legislativas, totalizando R$ 1800,00, dividido em três parcelas, após uma decisão da então Mesa Diretora, que se utilizou em uma certidão obtida na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo na qual se baseava o salário dos vereadores como sendo 20 % do salário de um deputado estadual. Tal ato foi considerado pela Justiça como doloso de improbidade administrativa, com lesão ao erário e enriquecimento ilícito, condenando-os com a suspensão dos direitos políticos e inelegibilidade por cinco anos a partir do julgamento. Há discórdia, no entanto, sobre a data do julgamento, enquanto a Promotoria e a Justiça consideram o julgamento de 2013, por órgão colegiado, com inelegibilidade de oito anos, o candidato considera o ano de 2008.
A magistrada observou em sua sentença a decisão do desembargador Carlos Eduardo Cauduro Padin, do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), em relação ao recurso apresentado pelo ex-candidato a vice-prefeito Eric Romero (PPS), impugnado em segunda instância na última segunda-feira (29) pelo mesmo motivo. “Por primeiro, observo que, de acordo com o decidido pelo TRE de São Paulo em caso análogo, a condenação por improbidade administrativa noticiada nos autos transitou em julgado, em relação aos condenados não recorrentes, como o requerente, em abril de 2008. Deste modo, a pena de suspensão dos direitos políticos por cinco anos já teria sido cumprida (abril de 2013). Por outro lado e também nos moldes do julgado citado, aplicável, ao caso, as regras da Lei Complementar n. 64/90, com as modificações trazidas pela Lei Complementar nº 135/10, entendimento este comungado por este juízo. A lei prevê que serão considerados inelegíveis os candidatos que forem condenados, em decisão transitada em julgado ou proferida por órgão judicial colegiado, em razão da prática de crimes contra a economia popular, a fé pública, a administração pública e o patrimônio público; contra o patrimônio privado, o sistema financeiro, o mercado de capitais e os previstos na lei que regula a falência; e contra o meio ambiente e a saúde pública (...). Neste contexto, por se tratar de condenação por ato doloso de improbidade, que importou lesão ao patrimônio público e enriquecimento ilícito, resta evidente que o requerente está inelegível (oito anos, a partir de abril de 2013). Anoto, por fim, que eventual participação em eleição anterior não afasta a conclusão acima, na medida em que as condições de elegibilidade e as causas de inelegibilidade são aferidas quando da formalização de cada pedido de registro de candidatura, não havendo, portanto, como se falar em direito adquirido”, diz a sentença.
Jaime Rangel, que pertence a coligação “Votorantim na Mão Certa” e já foi vereador por duas legislaturas (1993 a 1996 e 1997 a 2000), informou à nossa reportagem que pretende recorrer em segunda instância e prosseguirá com sua campanha. “Nosso entendimento não é o mesmo do Poder Judiciário, pois minha condenação foi em 2008 e eles consideram uma Lei Complementar de 2010 para fazer a contagem do tempo da minha inelegibilidade”, comentou. O candidato ressaltou ainda que a condenação se deu, ao seu entender, de forma equivocada. “Tivemos problemas com prazos de recursos, uma vez que nosso advogado faleceu. Mas de forma alguma houve dolo ao erário e muito menos enriquecimento ilícito. Quem fazia o pagamento dos vereadores era a Câmara Municipal, que na época se baseou no salário dos deputados. Não houve enriquecimento ilícito. Continuo andando de cabeça erguida, pois sei do bom trabalho que desempenhei na vida pública por vinte anos, tenho uma história bonita na cidade”, disse Rangel, que também atuou como presidente da Companhia de Habitação Municipal na década passada.
Pelo mesmo motivo, o promotor Eleitoral apresentou ainda o pedido de impugnação dos candidatos a vereador Pedro Nunes (PDT), Lázaro Alberto Almeida (Labrego) (PRB), João Cau (PSDB) e Sebastião Aparecido Bernardo (Tião) (PV). Foram julgados em primeira instância, além de Jaime Rangel, Sebastião Aparecido Bernardo (Tião) (PV), que já recorreu ao TRE.
Aguarda-se ainda a decisão em primeira instância do pedido de impugnação do candidato a vereador Marcio Rodrigo de Freitas Albino (Pastor Márcio Rodrigo) (PSB), por questões de filiação partidária.
Já dentre os candidatos ao cargo majoritário, dois pedidos de impugnação foram para Jair Cassola (PDT), também baseado na Lei da Ficha Limpa, referente a duas condenações de atos praticados enquanto foi prefeito de Votorantim por duas vezes, entre 2001 e 2008. No entender da defesa do Candidato Jair Cassola, não há inelegibilidade, “haja vista que não estão previstos os requisitos de improbidade administrativa, tais como dano ao erário, já que, comprovadamente, não houve desvio de um real sequer das contas públicas”.

Eric Romero deixa a disputa

Mesmo recorrendo ao Tribunal Superior Eleitoral, o ex-candidato a vice-prefeito Eric Romero (PPS), da coligação Compromisso com Nossa Gente, optou foi abrir mão de sua candidatura para não comprometer a chapa majoritária, encabeçada por Fernando Oliveira (DEM). Em seu lugar, irá concorrer Lê Baeza (PV). O anúncio foi feito no fim da tarde desta terça-feira (30).

Encontro de Corais nas Cascatas é apresentado neste fim de semana

Cerca de 800 coralistas sobem ao palco do Auditório Municipal Francisco Beranger, em Votorantim, nesta sexta, sábado e domingo para se apresentar na terceira edição do Encontro de Corais nas Cascatas, realizado pela prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Turismo e Lazer, em parceria com a Allegro Produções Musicais. O evento tem entrada franca e os ingressos serão distribuídos com uma hora de antecedência.
Nesta sexta-feira (2), às 20h, o anfitrião Coral Municipal de Votorantim abre o espetáculo com trechos das óperas Treemonisha de Scott Joplin e Porgy and Bess George Gershwin. Na sequência, estreia o Coro Jovem da Escola de Música de Votorantim Maestro Nilson Lombardi, apresentando peças sacras como renascença, brasileira e spiritual, ambos sob regência de Luís Gustavo Laureano. Também se apresenta o Grupo Vocal Santa Cecília, de Sorocaba, sob regência de Maria Cândida Bertolini, com clássicos da MPB dos quais se destacam composições de Catulo da Paixão Cearense, Noel Rosa, Tom Jobim e Chico Buarque.
Ainda na sexta, se apresentam o Coral da PUC Sorocaba, regido por André Zamur, com peças de Marisa Monte e Adoniran Barbosa, e o Coral Gerações de São Roque com repertório eclético de G. F. Händel, Leonard Cohen, Glenda Franklin e Ary Barroso, regido por Rogério Alves. Quem encerra o evento neste dia é o Coral da Igreja Presbiteriana Filadélfia de Sorocaba com repertório sacro contemporâneo. A regência é de Luciane Magueta.
SÁBADO
No sábado (3), às 15h, o espetáculo é voltado para Corais da 3ª Idade e conta com a participação do Madrigal Chanson, de Bauru, regido por Thiago Henrique Rodrigues, com peças de Gilberto Gil, além de repertório popular africano e gaúcho, dentre outras. Na mesma tarde, se apresenta o Coral do Clube da Melhor Idade de Mairinque, sob regência de Maria Cândida Bertolini, com repertório de MPB, trazendo peças de Caetano Veloso e Dorival Caymmi, dentre outros. O Coral Sintonia, do Centro de Convivência de Idosos de Sorocaba, apresenta repertório folclórico. A regência é de Maria Regina Rabello. O espetáculo da tarde termina com o Coral da Terceira Idade do Mackenzie, de São Paulo, apresentando Pot-pourri de Noel Rosa e Spiritual, com regência de Sandra Boletti Vargas.
No mesmo dia, às 20h, as apresentações são retomadas com a presença do Coral Zíper na Boca, da Unicamp, com repertório dedicado a Chico Buarque. Na sequência, quem se apresenta é o Coral Flex em Canto, regido por Márcia Freitas, com peças de Eric Lev, Queen, Paulo Tatit, dentre outros.
O Coral Canto da Terra, de Salto, apresenta peças de Heitor Villa-Lobos e Richard Rodgers, além de MPB, sob regência de Marcos Oliveira. Sobe ao palco também o Coral Divino em Canto, de Jundiaí, regido por Cláudia de Queiroz, com repertório brasileiro dedicado a Daniel Cerimarco.
O Grupo Vocal Trato no Tom, de São Paulo, regido por Valter Satomi, apresenta peças de Flávio Venturini, Jorge Ben e Toquinho, dentre outros. E quem fecha a noite é o Coral Jovem Cênico Mackenzie, de São Paulo, com peças de João Bosco, Luiz Gonzaga e Lenine, além de peças norte-americanas, com regência de Cláudia Mussi.
DOMINGO
No domingo (4), às 15h, o espetáculo é voltado a Corais Infanto-Juvenis e quem abre é o Projeto Lar Espaço Feliz, com repertório dedicado a Cezar Elbert, sob regência de Luís Gustavo Laureano. Na sequência se apresenta o Coral da Escola Municipal Betty de Souza Oliveira, de Votorantim, regido por Luciane Magueta, com peças de Renato Rocha, Adilson Xavier, além de spiritual. O Coral do Proame (Programa de Amparo ao Menor) de Votorantim apresenta peças brasileiras sacras, contemporâneas e populares, regido por Luís Gustavo Laureano.
Destaque também à participação do Coral Infantil Vozes, de Taubaté, regido por Denise Marques, com repertório eclético incluindo peças de George Gershwin, John Leavitt, além do tema da Novela Carrossel, fechando assim as apresentações do período da tarde.
Já a partir das 20h, o Encontro terá a participação do Coral Municipal de Votorantim e do Coral da Escola de Música Maestro Nilson Lombardi, apresentando repertório afro-americano, sob regência de Luís Gustavo Laureano. O Coral Companhia da Voz, de Jundiaí, regido por Vitor Roveri, apresenta peças de Alceu Valença, Tom Jobim, além de spirituals. Na sequência, sobe ao palco o Coral Vox em Canto, também de Jundiaí, com repertório dedicado ao samba, sob regência de Leandro Toledo.
O evento terá ainda a participação do Madrigal CLAP, de São Paulo, com repertório contemporâneo, com destaque para peças de Milton Nascimento, Pitty, além do Medley da Anitta. O Encontro é encerrado com a participação do Coral Municipal Nota na Goela, de Vinhedo, regido por Dinamar Depret, apresentando repertório sacro e um Tributo ao Roupa Nova.

SERVIÇO
3º Encontro de Corais nas Cascatas
Direção Artística: Luís Gustavo Laureano
2 de Setembro – sexta-feira – 20h
3 de Setembro – sábado – 15h e 20h
4 de Setembro – domingo – 15h e 20h
Local: Auditório Municipal Francisco Beranger - avenida Newton Vieira Soares, 291, Centro, Votorantim
Entrada Franca (ingressos distribuídos no local com uma hora de antecedência)
Informações: (15) 99690-7500.

Secretaria de Comunicação
Assessoria de Imprensa

Campanha das Escolas do Bem arrecada livros infantis para construir biblioteca em uma organização social

O objetivo da ação é conscientizar famílias e crianças sobre o seu poder de transformação social, incentivando a doação de livros infantis paradidáticos para a biblioteca que será construída na Associação Amor em Cristo de Sorocaba

 

Acreditar numa sociedade melhor através de uma Educação de Qualidade para Todos é a proposta deste projeto, que construirá uma biblioteca infantil com o objetivo de estimular a leitura e oferecer um ambiente em que as crianças e adolescentes atendidos pela Associação Amor em Cristo, situada no bairro Júlio de Mesquita, em Sorocaba, tenham prazer em frequentar, participar de oficinas, rodas de leitura, etc.

 

A iniciativa propõe a percepção do papel da sociedade como agentes de transformação da realidade local, e resulta na satisfação de poder contribuir concretamente com a melhoria de uma situação, permitindo a criação de vínculos, o sentido de pertencimento comunitário e o empoderamento coletivo – valores fundamentais para uma cidadania ativa.

 

Trata-se de uma ação coletiva que promove a interação entre parceiros, patrocinadores e apoiadores de Sorocaba e região, impactando nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis estipulados pela ONU (Organização das Nações Unidas), que prevê essa união de esforços e ativação do poder de transformação social, gerando resultados positivos para a sociedade, e o mundo.

 

"O Programa Escolas do Bem reconhece as escolas que contribuem para o bem-estar social e mobiliza essa rede do bem para despertar valores sociais nos alunos, familiares e em toda a comunidade do entorno escolar. A campanha de arrecadação de livros infantis para a nova biblioteca da associação é só uma das ações que programamos para este ano. Estamos mobilizando também nossos patrocinadores e outros empresários da cidade, para que essa soma de esforços traga resultados ainda melhores", conta a jornalista e presidente do Instituto Noa, Lucy De Miguel, organização que faz a gestão do programa Escolas do Bem.

 

A jornalista ainda completa que está negociando com uma construtora da cidade para que faça o prédio da nova biblioteca, totalmente adequado às necessidades que um espaço como este necessita.

 

Como e onde doar?

 

As Escolas do Bem de Sorocaba e região estão recebendo as doações de livros infantis novos e usados, que estejam em bom estado, para que possam ser apreciados por outras crianças. "Percebemos a empolgação e disposição de todos em colaborar com essa iniciativa. Há um desejo nas pessoas, sejam empresários ou pessoas físicas, em querer ajudar a transformar o mundo num lugar melhor, mas com a correria do dia a dia não conseguem dispor desse tempo, e se alegram em poder contribuir com ações como essa", comenta Lucy De Miguel, contente com o envolvimento de todos que aderem a campanha.

 

Os livros podem ser depositados nas caixas de coleta disponíveis nas Escolas do Bem e outros locais cadastrados, que estão listados no site do programa:  www.escolasdobem.com.br. As doações podem ser feitas até novembro deste ano.  A inauguração do novo prédio da biblioteca está prevista para março de 2017.

 

Sobre o Projeto Escolas do Bem

O projeto Escolas do Bem foi criado pelo Instituto Noa com o objetivo de mobilizar as escolas públicas e privadas em uma grande rede do bem. Tem como princípios orientar e conscientizar os pais e adultos sobre o importante papel que cada um possui na formação dos cidadãos do futuro, preparando as crianças para viver e atuar em uma cidade melhor e mais sustentável.

 

"Trata-se de um programa de comunicação com as famílias, que visa orientar os pais e educadores, a partir de informações sobre como cuidar das crianças, com um conteúdo transformador", garante a presidente do Instituto Noa, Lucy De Miguel.

 

Em contrapartida, as escolas devem se comprometer com o cumprimento de seis das 17 metas estipuladas pela Organização das Nações Unidas (ONU) para serem alcançadas até o ano de 2030:

 

1) Melhorar a alimentação;

2) Saúde de qualidade;

3) Educação de qualidade;

4) Redução das desigualdades;

5) Consumo consciente;

6) Fortalecimento de parcerias.

 

"Em 2016 foi dada a largada para o cumprimento dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), uma agenda assumida pelas 194 nações que compõe a Organização das Nações Unidas, incluindo o Brasil. Mas para que as mudanças aconteçam, o trabalho deve ser realizado localmente, ou seja, em cada município", explica Lucy.

 

 

Sobre o Instituto Noa

Fundado em abril de 2014, o Instituto Noa tem sede em Sorocaba e nasceu com o objetivo de promover e garantir os direitos da criança e do adolescente, a partir do fortalecimento familiar e da melhora do nível de informação sobre o desenvolvimento infantil. Seus fundadores têm em comum a ideia de que está centrado na família o protagonismo para a transformação social que se espera para o mundo.

 

 

Sobre a Associação Amor em Cristo

A associação foi fundada em 2001 e está localizada no bairro Júlio de Mesquita, em Sorocaba. Atende crianças e adolescentes de quatro a 14 anos em um espaço educacional, onde realiza um atendimento socioassistencial, tendo como prioridade o acolhimento em contraturno escolar. Pauta seu trabalho no desenvolvimento do ser humano e sua integração com o mundo. As atividades realizadas na associação proporcionam uma aprendizagem extracurricular, assimiladas através de vivências que oferecem desenvolvimento e crescimento pessoal aos atendidos. Utiliza diversas ferramentas, como dinâmicas, arte, recreação, esportes, jogos educativos, contação de história, atividades lúdicas, passeios monitorados e musicalização. Tem como missão promover o desenvolvimento físico, cognitivo e espiritual de crianças e adolescentes para aprimorar sua convivência familiar e social.

 

 

Instituto Noa


Tacinha terá dois jogos neste domingo

A 23ª edição da Tacinha Votorantim de Futsal para Menores terá dois jogos neste domingo (4), ambos no Cermag, a partir das 9h. São eles: XI de Agosto x Desportivo Sorocaba (sub-16) e XI de Agosto x ASS-PM – Marinho/Fabri Futsal (sub-09). A competição é organizada pela prefeitura, por meio da Secretaria de Desporto. O Cermag fica na rua Agenor Augusto Lins, s/nº, Rio Acima. Informações: (15) 3243-2302.


Secretaria de Comunicação
Assessoria de Imprensa

Eleições: Lê Baeza substitui vice em chapa de Votorantim

Jornal Ipanema

Fernando Oliveira e Lê Baeza Foto Reprodução/Facebook

O vereador Lê Baeza (PV), 40 anos, é o novo vice na chapa da candidatura a prefeito de Votorantim de Fernando Oliveira Souza (DEM), "Compromisso com a nossa gente". O anúncio foi feito no fim da tarde desta terça-feira (30), durante coletiva de imprensa. 

Alessandro "Lê" Baeza Silva ocupará o lugar que antes pertencia a Eric Romero Martins de Oliveira (PPS), que teve o registro de sua candidatura impugnado após receber condenação na Justiça. Ele optou por retirar a sua candidatura a partir da decisão do Tribunal Regional Eleitoral, proferida na tarde de segunda-feira (29) pelo indeferimento da mesma.

Romero teve seu nome contestado pela Justiça Eleitoral por conta de um processo de quando foi vereador pela primeira vez em 1997 e acabou, assim como todos os vereadores da época, condenado por serem remunerados pelo Legislativo com uma ajuda de custo de R$1.800,00. Nas eleições passadas, Romero se elegeu sem quaisquer restrições e é o atual presidente da Câmara.

A decisão de deixar a vaga de vice foi iniciativa de próprio Romero, que explicou não haver tempo hábil para recorrer da impugnação.

Lê Baeza é vice-presidente do Legislativo e antes de ser convidado a vice de Fernando concorria à reeleição na Câmara de Votorantim.

Diretoria da Apas

Jornal Cruzeiro do Sul


Fim de Jogo

Jornal Cruzeiro do Sul


Agenda dos candidatos

Jornal Cruzeiro do Sul


Primeiro debate

Jornal Cruzeiro do Sul


Lê Baeza assume vaga de vice em chapa

Jornal Cruzeiro do Sul
Leandro Nogueira

Eric Romero, Fernando Oliveira Souza e Lê Baeza durante coletiva no comitê de campanha - FÁBIO ROGÉRIO

Os problemas da saúde pública em Sorocaba dominaram o debate entre os candidatos à Prefeitura de Sorocaba, realizado na noite de ontem, na Universidade de Sorocaba (Uniso). O encontro, promovido pelos cursos de jornalismo e direito, lotou o auditório do Bloco F e um telão foi instalado fora da sala para estudantes e apoiadores assistirem ao evento.

Em diversos momentos os candidatos da oposição José Crespo (DEM), Glauber Piva (PT), Raul Marcelo (Psol) e Hélio Godoy (PRB) citaram as deficiências do atendimento de saúde da cidade, em especial as filas de espera por consulta com especialista na Policlínica Municipal, as Unidades de Pronto-Atendimento (UPHs) e o horário de funcionamento reduzido das Unidades Básicas de Saúde (UBSs). Já João Leandro (PSDB) rebateu que a crise da Saúde não acontece só em Sorocaba, mas em todo o Brasil. Todos propuseram melhorar a Policlínica existente e construir outra. O candidato do PT, inclusive, acredita ser possível instalar três clínicas do tipo durante um mandato de 4 anos.

Os ânimos do debate esquentaram em dois momentos. No primeiro, João Leandro questionou se Raul Marcelo conhecia os números referentes ao déficit de vagas em creche. Em sua resposta, o candidato do Psol afirmou que de acordo com dados da Defensoria Pública o déficit seria de 10 mil vagas e que pretendia abrir 4 mil em seu possível governo. O tucano classificou os dados de "chutes", declarando que seriam cerca de 5 mil vagas necessárias para atender a demanda existente, número levantado por meio do Cadastro Municipal Unificado. Raul demonstrou-se ofendido com a postura do candidato. "É um misto de arrogância com desrespeito", disse.

Em outros momentos do debate, João Leandro voltou a falar sobre o que considera uma "desinformação" dos outros candidatos quanto ao funcionamento da máquina pública e a situação da Prefeitura. A manifestação mais acalorada da plateia ocorreu quando o tucano acusou o governo petista, do candidato Glauber Piva, de ser o responsável por problemas enfrentados pela cidade, inclusive a falta de creches, pois três unidades teriam sido prometidas pela União e não construídas. Ao dizer que esse governo seria destituído hoje foi vaiado e ouviu gritos de "golpista" no auditório.


Outros temas
Os temas de mobilidade urbana, educação e participação popular também foram destaques durante o debate. A instalação do sistema de Ônibus Rápido, o chamado BRT (Bus Rapid Transit) na cidade foi defendida pelos candidatos, exceto José Crespo que apontou o Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) como opção. A implantação do passe livre aos estudantes foi citada por Glauber Piva (PT) e Raul Marcelo (Psol), enquanto Hélio Godoy (PRB) pretende criar subprefeituras nos bairros.




Informação Livre

Jornal Cruzeiro do Sul
Por Marcelo Andrade

TRE informa - A impugnação da candidatura de Eric Romero (PPS), então vice na chapa de Fernando Oliveira (DEM) à Prefeitura de Votorantim, ganhou destaque durante todo o dia de ontem na página principal do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-SP).

TV Votorantim - Celso Prado - Governador do Rotary 4620 visita Votorantim

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Candidato tem pedido de registro de candidatura indeferido em função da Lei da Ficha Limpa

http://www.tre-sp.jus.br/



Na tarde desta segunda-feira (29), o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), em decisão unânime, não acolheu recurso contra sentença que indeferiu o pedido de registro de candidatura da chapa formada por Fernando de Oliveira Souza e Eric Romero Martins de Oliveira, que pleiteiam concorrer aos cargos de prefeito e vice-prefeito, respectivamente, pela Coligação Compromisso com a Nossa Gente do município de Votorantim.
O recorrente, Eric Romero Martins de Oliveira, foi considerado inelegível, conforme a decisão, em virtude de condenação por ato doloso de improbidade administrativa que importou lesão ao patrimônio público e enriquecimento ilícito, por ter recebido, na condição de vereador, verbas indevidas. Foi condenado a uma pena de suspensão dos direitos políticos pelo prazo de cinco anos, em decisão que transitou em julgado em abril de 2008.
Após o cumprimento desse prazo, que terminou em 2013, o relator, des. Carlos Eduardo Cauduro Padin (foto), entendeu que começou a contagem dos oito anos de inelegibilidade previsto no art. 1º, I, “l”, da Lei Complementar nº 64/90.
De acordo com o art. 13 da Lei 9.504/97, é possível a substituição do candidato considerado inelegível, caso novo pedido seja apresentado até 10 contados do fato.
Em função do reconhecimento da inelegibilidade do pretenso candidato a vice-prefeito, o pedido de registro da chapa, que é única, foi negado.
Da decisão cabe recurso.

Proc. RE 3843

Livofus abre inscrições para campeonato principal e quarentão

A Liga Votorantinense de Futebol de Salão abriu inscrições para a quarta edição do Campeonato Chupim de Futsal, que será disputado nas categorias principal e quarentão. Os times interessados têm até o dia 26 de setembro para fazerem suas inscrições diretamente na Loja Campeão Olímpico, que fica na R. Monsenhor João Soares, nº 156, no Centro de Sorocaba. A taxa de inscrição custa R$ 150,00 por equipe e a de arbitragem R$ 77,00 por jogo.

É vetada a participação de atletas federados em ambas as categorias. Para a categoria principal cada equipe poderá inscrever até cinco jogadores que dispute o Campeonato Citadino da Liga de Sorocaba. Já para a categoria quarentão não haverá esta restrição. O número máximo de inscritos será de 15 jogadores por time.

Será obrigatório deixar um cheque calção no valor de R$ 77,00 no ato da inscrição ou na realização da 1º partida. Caso a equipe não venha cometer o WO, o mesmo será devolvido assim que termine sua participação na competição.

O congresso técnico está marcado para o dia 26 de setembro, às 19 horas, quando haverá o sorteio dos grupos, entrega do regulamento geral e esclarecidas dúvidas dos inscritos. A reunião acontecerá na sede do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba, localizada na Rua Júlio Hanser, nº 140, próximo à Rodoviária.  O inicio da competição está previsto para o dia 2 de outubro.

Mais informações pelos telefones (15) 3238 3928, 9716-3650, pelo e-mail: livofus@gmail.com  ou pelo site www.livofus.com.br


Agência Foto 10

 

Lê Baeza assume vaga de vice em chapa de Votorantim

Jornal Cruzeiro do Sul

Eric Romero, Fernando Oliveira Souza e Lê Baeza durante coletiva no comitê de campanha - FÁBIO ROGÉRIO

O vereador Lê Baeza (PV) será o vice na chapa do candidato a prefeito de Votorantim, Fernando Oliveira Souza (DEM). Ele substituirá Eric Romero Martins de Oliveira (PPS), que teve o registro da candidatura impugnado na segunda instância da Justiça Eleitoral após ser condenado por improbidade administrativa. 

Lê Baeza, 40 anos, exerce a função de vereador e buscava a reeleição em Votorantim. Segundo ele, o convite feito por Fernando Oliveira Souza o surpreendeu. "Fui dormir vereador e acordei vice", comentou.

A decisão de Eric Romero deixar o cargo foi tomada após o parecer da segunda instância da Justiça Eleitoral. O julgamento no Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) ocorreu segunda-feira (29), ocasião em que os magistrados negaram o recurso, mantendo o indeferimento do registro das candidaturas pela coligação "Compromisso com a nossa gente".

Romero preferiu deixar a vaga de vice pois, para ele, não haveria tempo hábil para o recurso. No dia 12 de setembro termina o prazo para a troca de nomes das chapas que concorrerão às eleições municipais de 2016.

Lê Baeza deve assumir lugar de Eric Romero como candidato a vice-prefeito

Gazeta de Votorantim
Valdinei Queiróz

Eric Romero estará, às 19h30 desta terça-feira (30), no jornal Votorantim Verdade, para explicar sobre sua candidatura em relação às eleições 2016.

Lê Baeza
Por Luciana Lopez

O presidente da Câmara Municipal de Votorantim e candidato a vice-prefeito, Eric Romero (PPS), deve retirar sua candidatura e o vereador Alessandro Baeza Filho, o Lê Baeza (PV), é o mais cotado para assumir seu lugar ao lado de Fernando Oliveira Souza (DEM), postulante à Prefeitura de Votorantim. Essa informação deverá ser anunciada no final da tarde desta terça-feira (30), no comitê político da coligação “Compromisso com a nossa gente” localizado à rua Sorocaba, na Vila Dominguinho.

Eric Romero estará, às 19h30 desta terça-feira (30), no jornal Votorantim Verdade - TV Votorantim, apresentado pela jornalsita Larisssa Costa, para explicar sobre sua decisão em relação às eleições 2016.

Na última segunda-feira (29), foi negado pelo Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo o recurso à impugnação da candidatura a vice-prefeito de Eric Romero. O relator do caso, desembargador Carlos Eduardo Cauduro Padin, manteve a sentença aplicada em primeira instância pela juíza eleitoral de Votorantim, Luciana Carone Nucci Eugênio Mahuad, que impugnou a candidatura de Eric Romero, estendendo à chapa majoritária de sua coligação.

Sobre o processo de Eric Romero

O pedido de impugnação foi apresentado pelo promotor Eleitoral de Votorantim, Wellington dos Santos Veloso, baseado na Lei de Ficha Limpa, sobre um processo de quando Eric Romero foi vereador no período de 1997 a 2000.
Na ocasião, todos os vereadores em exercício receberam verbas extras de ajuda de custo para combustível e para participar de sessões legislativas, totalizando R$ 1800,00, dividido em três parcelas, após uma decisão da então Mesa Diretora, que se utilizou em uma certidão obtida na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo na qual se baseava o salário dos vereadores como sendo 20 % do salário de um deputado estadual.

Tal ato foi considerado pela Justiça como doloso de improbidade administrativa, com lesão ao erário e enriquecimento ilícito, condenando-os com a suspensão dos direitos políticos e inelegibilidade por cinco anos a partir do julgamento. Há discórdia, no entanto, sobre a data do julgamento, enquanto a Promotoria e a Justiça consideram o julgamento de 2014, por órgão colegiado, o candidato considera o julgamento de 2008.

Dupla é presa ao tentar roubar posto de combustíveis em Piedade

Do G1 Sorocaba e Jundiaí

Suspeitos tentaram fugir, mas foram detidos em outra região da cidade.
Revólver foi apreendido; os dois foram autuados por tentativa de roubo.



Arma foi apreendida com suspeitos em Piedade (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Dois homens foram detidos após tentarem furtar um posto de combustíveis em Piedade (SP) e serem abordados momentos depois do crime por policiais durante patrulhamento na madrugada desta terça-feira (30). De acordo com a Polícia Militar, os suspeitos correram para um matagal, mas foram alcançados. A dupla já tinha passagens por roubo e ficou presa.
Segundo a PM, os dois entraram para suspostamente abastecer o carro no bairro Liberdade, mas desistiram da ação quando outro veículo também parou no posto. No entanto, eles já tinham pedido o dinheiro para o frentista, que não teve a quantia levada e comunicou os policiais.
Em seguida, os suspeitos fugiram e passaram pelos policiais em patrulhamento no bairro Cotianos, do outro lado da cidade. Na ocasião, conforme a PM, a equipe ainda não tinha conhecimento sobre o crime no posto.
O motorista não obedeceu a ordem de parada e tentou fugir. Após serem alcançados, uma arma calibre 32 foi apreendida e constatado que o dono do veículo estava embriagado.
No caminho à delegacia, a equipe foi informada sobre o crime no outro bairro e os suspeitos foram reconhecidos, assim como a arma usada no crime. Os dois moradores de Votorantim, de 31 e 32 anos, foram autuados por tentativa de roubo. Ambos estão no Centro de Detenção Provisória (CDP) de Sorocaba.

Leia na íntegra a edição 183 da Gazeta de Votorantim

Gazeta de Votorantim, edição 183 by Taryn Fox on Scribd

Fim de Jogo

Jornal Cruzeiro do Sul


Fernando e Romero seguem impedidos

Jornal Cruzeiro do Sul


Agenda dos candidatos

Jornal Cruzeiro do Sul

CEA recebe grupos para visita monitorada

Jornal Cruzeiro do Sul

Leilão da Justiça Estadual de Votorantim

A Justiça Estadual de Votorantim em conjunto com o leiloeiro oficial Gilson Keniti Inumaru realizam leilão presencial e eletrônico nos dias 02 e 22 de setembro de 2016, a partir das 13:00 horas, no Fórum e pelo site www.leiloesjudiciais.com.br/sp. No evento, serão leiloados imóveis urbanos localizados em Votorantim, veículos, máquinas e outros bens. Interessados podem obter informações mais detalhadas pelo site www.leiloesjudiciais.com.br/sp ou então pelo 0800-707-9272.

Lorena Barreiro
Assessoria de Comunicação

Eric Romero tem candidatura indeferida também no TRE

Gazeta de Votorantim
Luciana Lopez



Eric Romero
Por Werinton Kermes


Foi o primeiro recurso contra impugnação no Estado de São Paulo apresentado e julgado no TRE


Foi negado pelo Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo, na tarde desta segunda-feira (29), o recurso à impugnação da candidatura a vice-prefeito de Eric Romero (PPS), que concorre na cidade de Votorantim pela coligação “Compromisso com Nossa Gente”, cujo candidato ao cargo majoritário é Fernando Oliveira (DEM).

O relator do caso, desembargador Carlos Eduardo Cauduro Padin, manteve a sentença aplicada em primeira instância pela juíza eleitoral de Votorantim, Luciana Carone Nucci Eugênio Mahuad, que impugnou a candidatura de Eric Romero, estendendo à chapa majoritária de sua coligação.

O candidato Eric Romero informou à nossa reportagem que pretende ingressar com recurso no Tribunal Superior Eleitoral ainda nesta segunda-feira. “O recurso é um direito meu, pois acredito que houve uma interpretação equivocada da Justiça. Estou cumprindo todos os prazos e espero que a Justiça julgue em tempo hábil também”, disse Romero.

Até 12 de setembro, a chapa pode substituir o candidato a vice-prefeito, já que Fernando não apresenta nenhuma restrição que o impeça de concorrer ao pleito, desde que seu candidato a vice tenha a candidatura autorizada. “No decorrer da semana, iremos nos reunir com nosso grupo político para fazer uma avaliação da nossa atual situação e definir o rumo da nossa campanha”, finalizou Eric.

O pedido de impugnação foi apresentado pelo promotor Eleitoral de Votorantim, Wellington dos Santos Veloso, baseado na Lei de Ficha Limpa, sobre um processo de quando Eric Romero foi vereador no período de 1997 a 2000. Na ocasião, todos os vereadores em exercício receberam verbas extras de ajuda de custo para combustível e para participar de sessões legislativas, totalizando R$ 1800,00, dividido em três parcelas, após uma decisão da então Mesa Diretora, que se utilizou em uma certidão obtida na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo na qual se baseava o salário dos vereadores como sendo 20 % do salário de um deputado estadual. Tal ato foi considerado pela Justiça como doloso de improbidade administrativa, com lesão ao erário e enriquecimento ilícito, condenando-os com a suspensão dos direitos políticos e inelegibilidade por cinco anos a partir do julgamento. Há discórdia, no entanto, sobre a data do julgamento, enquanto a Promotoria e a Justiça consideram o julgamento de 2014, por órgão colegiado, o candidato considera o julgamento de 2008.

O promotor Eleitoral apresentou ainda o pedido de impugnação de cinco candidatos a vereador pelo mesmo motivo, sendo que apenas um foi julgado e apresentou recurso no TRE. Além dos quatro restantes, aguarda-se a decisão em primeira instância do pedido de impugnação de um candidato a vereador por questões de filiação partidária e do candidato a prefeito Jair Cassola (PDT), da coligação “Votorantim na Mão Certa”, também é baseado na Lei da Ficha Limpa, referente a duas condenações de atos praticados enquanto foi prefeito de Votorantim por duas vezes, entre 2001 e 2008.

Sobre o julgamento de Eric Romero pelo TRE, o promotor Wellington dos Santos Veloso comentou com a nossa reportagem que mostrou-se surpreso com a rapidez. “Eu sinceramente me surpreendi. De qualquer forma foi o primeiro recurso contra impugnação no Estado de São Paulo”, disse o promotor.

Sorocaba ocupa a 1.479ª posição no ranking nacional de eficiência

Jornal Cruzeiro do Sul
Por Marcelo Andrade

Estudo inédito realizado pelo instituto Datafolha e jornal Folha de S. Paulo mostra que Sorocaba ocupa a 1.479ª posição no Ranking de Eficiência de Municípios Folha (REM-F), que avaliou 5.281 cidades do País. Conforme o jornal, o REM-F toma como referência os indicadores de saúde, educação e saneamento para estimar a eficiência da gestão municipal em todo o país. Numa escala de 0 a 1, só 24% das cidades ultrapassam 0,50 e, por isso, podem ser consideradas eficientes. Sorocaba obteve nota 0,493. O pior índice avaliado foi saúde (foto mostra a UPH da zona norte lotada), com 0,342. A média nacional foi de 0,500. Já o melhor índice foi em saneamento, com 0,987, bem acima da média nacional que foi de 0,567.


Votorantim no topo - A única cidade da região a figurar entre as 30 melhores no Ranking de Eficiência de Municípios Folha (REM-F), foi Votorantim, que ficou na 29ª posição, sendo avaliada como "eficiente", com índice de 0,606. Em todos os indicadores avaliados o município ficou acima da média nacional. Em saúde, por exemplo, ficou com 0,580, enquanto a média nacional foi de 0,500. Em educação Votorantim obteve 0,667. A média nacional nesse indicador foi de 0,509.

Mantida a impugnação de Fernando e Romero

Jornal Cruzeiro do Sul
Leandro Nogueira
TRE-SP mantém obstáculo à candidatura de Fernando-Romero - LUIZ SETTI (14/07/2015
 
A segunda instância da Justiça Eleitoral manteve o obstáculo (impugnação) à chapa que pretende concorrer nestas eleições em Votorantim, com o candidato a prefeito Fernando Oliveira Souza (DEM) e para vice, Eric Romero Martins de Oliveira (PPS). O julgamento no Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) ocorreu às 15h40 desta segunda-feira, ocasião em que os magistrados negaram o recurso, mantendo o indeferimento do registro das candidaturas pela coligação "Compromisso com a nossa gente". O veto dá-se porque o candidato a vice, Romero, foi condenado por improbidade administrativa. Na noite desta segunda, Romero disse que vai recorrer até a última instância, pois confia que até o próximo dia 12 de setembro, o prazo hábil para que possa ser substituído o vice, a Justiça terá um veredito final favorável a ele.

Eric Romero diz que no recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a sua defesa vai argumentar que a Lei da Ficha Limpa, que entrou em vigor em 2010, não prevê que os candidatos com condenações anteriores sejam barrados, pois entende que a mesma não prevê a retroatividade. Citou que apesar da decisão de ontem no TRE, no dia 15 de julho, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, decidiu que políticos condenados por irregularidades cometidas antes de 2010 podem ser candidatos nas próximas eleições.

A impugnação da chapa Fernando-Romero foi pedida pelo promotor do Ministério Público Eleitoral em Votorantim, Wellington dos Santos Veloso, com base na Lei da Ficha Limpa. Na primeira instância, em Votorantim, a juíza eleitoral, Luciana Carone Nucci Eugênio Mahuad, decidiu pela impugnação no dia 16 de agosto. Na sentença, ele expôs que "a condenação do candidato Eric Romero por improbidade administrativa não transitou em julgado em 2008" e com isso, "a inelegibilidade do candidato decorre da punição aplicada pela própria sentença: suspensão dos direitos políticos por cinco anos". A juíza alega que "a análise por órgão colegiado deu-se em 28 e abril de 2014, com publicação do acórdão no Diário da Justiça Eletrônico (DJE) em 21 de julho de 2014", o que na opinião dela, confirma a situação de inelegibilidade.

Sesi sedia Encontro de Contadores de História

Jornal Cruzeiro do Sul
Felipe Shikama

O evento, que tem entrada franca, trará palestras e apresentação de 12 artistas convidados - DIVULGAÇÃO

A colcha de retalhos narrativos alinhavados por contadores de histórias de Sorocaba e região será compartilhada gratuitamente com o público no 1º Encontro de Contadores de Histórias - Tecendo Histórias, que ocorre sexta (2) e sábado (3) no teatro do Sesi (rua Gustavo Teixeira, s/nº, Mangal).

Idealizado pelo contador de histórias e bonequeiro sorocabano Dan Camargo, o evento visa promover o intercâmbio entre contadores de histórias e celebrar o momento de efervescência que essa arte vive na região. Realizado com apoio do Sesi-SP, o evento com caráter formativo ocorrerá na sexta-feira com palestras destinadas a estudantes e profissionais da pedagogia, artistas e demais interessados. Já no sábado, a programação será focada principalmente ao público infantil e terá apresentação de doze artistas convidados.

Na sexta-feira, o encontro começa às 19h com apresentação do violeiro Zeca Collares e dos contadores de histórias Zé Bocca, de Votorantim, e Sônia Jaqueline Oliveira, de Porto Feliz. Em seguida, haverá palestra com a pedagoga Maria Cristina Perez Vilas, que vai abordar as diferenças entre o contar e ler histórias, e do professor do curso de Pedagogia da Universidade de Sorocaba (Uniso), Roberto Samuel Sanches, que falará sobre o por que contamos histórias.

Já no sábado, o evento aberto às famílias terá apresentações de alunos de Pedagogia da Uniso, dos grupos Cia. Palavra Mágica e Narrando e Encantando e dos contadores de histórias Dan Camargo, contadoras Andrea Alves, Júlio Scandolo, Fabiana Chaves. Nos intervalos das apresentações haverá intervenção artística do músico e clow Oddi Lucio. "Será uma verdadeira maratona de contação de histórias", define a agente de atividades culturais do Sesi Sorocaba, Maria Elidia Athayde Amorim.

Integrante da comissão organizadora do Tecendo Histórias, a jornalista e contadora de histórias Andrea Alves destaca que essa é a primeira vez que Sorocaba sedia um encontro com intuito de mapear e estreitar os laços entre os contadores de histórias que atuam na região. "É uma atividade interessante porque cada um tem seu estilo, seus propósitos, seu modo de trabalhar. Precisamos conhecer quem são essas pessoas que contam história atualmente", defende.

Contador de histórias há 16 anos, o ator Zé Bocca reconhece que atualmente as narrativas orais vivem um "boom" que pode ser constatada no número crescente de profissionais e de atividades realizadas em diversos estabelecimentos , como shoppings, livrarias e até bares -- neste último caso, com histórias para o público adulto. "A oralidade tem retomado sua importância que sempre teve na história exatamente no momento em que a informação instantânea, tecnológica, chega ao seu ápice", comenta.

Para sexta-feira, as reservas antecipadas já podem ser feitas pelo site www.sesisp.or.br, no ícone "Meu Sesi". Os ingressos remanescentes serão distribuídos no local com uma hora de antecedência. Já no sábado a entrada será livre, conforme a capacidade do teatro , que é de 258 lugares.

Galinho dá vexame e toma de seis do Rio Branco em partida no CIC

Jornal Cruzeiro do Sul
O Atlético Sorocaba perdeu de 6 a 1 para o Rio Branco no sábado - EMIDIO MARQUES


A 15ª rodada do Campeonato Paulista Sub-20, realizada no sábado, foi ruim para os times da cidade. No Estádio Municipal Walter Ribeiro (CIC), o mando de campo não valeu nada para o Atlético Sorocaba, que deu vexame diante do segundo pior time do Grupo 2, o Rio Branco, e acabou goleado por 6 a 1. Mima (2) e Mário César abriram 3 a 0 já no primeiro tempo, e Marcelo, Mário César e Guedes anotaram mais três gols na etapa complementar. 

No fim do jogo, cobrando pênalti, Patrick descontou para o Galinho. O time segue na lanterna, com apenas sete pontos em 15 jogos. A equipe participa do torneio em parceria com o Audax e volta a campo na sexta-feira, contra o Ituano, no Estádio Novelli Júnior, em Itu. 

Em Santa Bárbara d"Oeste, no Estádio Antônio Lins Ribeiro Guimarães, o São Bento perdeu do União Barbarense por 1 a 0 -- gol de Negão -- e perdeu a chance de se aproximar da briga por um lugar entre os quatro 

melhores. A equipe representada pelos garotos do Centro de Formação de Atletas Ki-Gol, de Votorantim, continua com 17 pontos. O Bentinho joga de novo na sexta-feira, no CIC, diante da Itapirense. 


Sub-17 
Ao perder do Guarani por 2 a 0, no Estádio Municipal Domênico Paolo Metidieri, em Votorantim, o time sub-17 do São Bento foi eliminado do estadual. Elias e Willian anotaram os gols do Bugre, ambos no segundo tempo. Com isso, a equipe vai apenas cumprir tabela na rodada que encerra esta segunda fase, no sábado, diante do Rio Branco, no Estádio Décio Vitta. (Da Redação) 

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

Agenda dos candidatos

Jornal Cruzeiro do Sul


Nova unidade da Academia Viva em Votorantim é inaugurada com coquetel

Diário de Sorocaba


Restaurada, Capela de Inhayba está há quase 2 anos fechada à visitação

Diário de Sorocaba


Programa de recuperação de nascentes envolve escolas em ações práticas de conservação

Diário de Sorocaba

Terminam nesta 6ª as inscrições para Taça Votorantim de Futsal

O prazo de inscrição para a 44ª Taça Cidade de Votorantim de Futsal termina nesta sexta-feira (2 de setembro). Os representantes de clubes interessados devem retirar a ficha de inscrição na sede da Secretaria de Desporto– rua Monte Alegre, 298, Centro – ou solicitá-la pelo e-mail sedesp@votorantim.sp.gov.br.

A competição, promovida pela Prefeitura de Votorantim, será realizada nas categorias sub-20, principal, veterano, quarentão e máster. Cada equipe pode inscrever até 15 atletas. Os jogos serão em eliminatória simples, ou seja, quem perder está fora. Para mais informações: (15) 3243-1519.


Secretaria de Comunicação
Assessoria de Imprensa

Athlética e Parque Bela Vista largam na frente na 2ª Divisão

Academia Athlética/Aliança e Parque Bela Vista largaram na frente nas quartas de final do Campeonato de Futebol Varzeano da 2ª Divisão. Em rodada realizada na manhã de domingo (28), a Academia Athlética bateu o América por 2 a 1, no Estádio Municipal Domenico Paolo Metidieri, mesmo placar da vitória do Parque Bela Vista sobre o Santo Antônio, no Cermag.

Também no Cermag, Itaporanga e Tigres do Morro empataram por 3 a 3. Já no Estádio Municipal, o Materiais de Construção Jardim Clarice ficou no 1 a 1 com o Rio Acima. O campeonato é organizado pela Prefeitura de Votorantim, por meio da Secretaria de Desporto.

Os jogos de volta estão agendados para o próximo domingo (4 de setembro). São eles: Santo Antônio x Parque Bela Vista (9h – Estádio Municipal); Tigres do Morro x Itaporanga (11h – Estádio Municipal); América x Academia Athlética (9h – Cermag) e Rio Acima x Materiais de Construção Jardim Clarice (11h – Cermag).


Secretaria de Comunicação
Assessoria de Imprensa

Ouça a Rádio Cultura Votorantim