sábado, 17 de fevereiro de 2018

Corpo é encontrado no Jardim Tatiana, em Votorantim

Gazeta de Votorantim

Local em que o corpo foi encontrado
Foto: Jorge Silva/ Gazeta de Votorantim 

Um corpo de um homem foi encontrado na rua Maria Eugênia Oliveira, no Jardim Tatiana, em Votorantim, no início da tarde deste sábado (17). Segundo informações preliminares, a vítima estaria com uma lesão na cabeça, com as mãos amarradas, parcialmente enterrado e encoberto por pneus em um matagal. Ele não foi identificado.
A ocorrência está sendo registrada da Delegacia Central de Votorantim e mais informações serão fornecidas posteriormente.

Policiais retiram corpo de homem enterrado com as mãos amarradas em terreno

Por G1 Sorocaba e Jundiaí
Segundo a PM, denúncia apontou o local, no Jardim Tatiana, em Votorantim. Identidade da vítima é desconhecida.

Vítima estava com as mãos amarradas, segundo a PM (Foto: Jorge Silva/ TV Votorantim)

O corpo de um homem foi encontrado enterrado em um matagal na tarde deste sábado (17), no Jardim Tatiana, em Votorantim (SP).
De acordo com a Polícia Militar, uma denúncia apontou que o homem havia sido deixado em uma área verde, na rua Maria Eugênia de Oliveira. Ao chegarem no local, os policiais encontraram sangue na calçada e a vítima escondida com pneus.
Ainda segundo a PM, ele estava com as mãos amarradas por um fio. O corpo estava em estado avançado de decomposição e não foi possível identificar a causa da morte.
A perícia e os bombeiros foram acionados e o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Sorocaba. Ninguém foi preso e a identidade da vítima é desconhecida.

Protesto dos motoristas de ônibus será até às 8h de segunda-feira

Gazeta de Votorantim

A greve durante todo o dia foi suspensa diante de mais um recuo do governo federal na votação

Diante de retirada da pauta de votação da PEC 287/2016 (Proposta de Emenda Constitucional) da Reforma da Previdência, o Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região informa que está suspensa a paralisação durante todo o dia 19 de fevereiro, segunda-feira, e que os trabalhadores em transportes representados pela entidade irão realizar um protesto na madrugada até as 8h da manhã, da segunda-feira (19), quando serão realizadas assembleias nas garagens das empresas.
O protesto irá acontecer em todas as empresas de transportes urbano, intermunicipal, rodoviário, de fretamento e de cargas, nos 42 municípios que compreendem a base de representação do Sindicato, ou seja, de Araçariguama até Itararé, passando pelos municípios das regiões de Sorocaba, São Roque, Itapetininga e Itapeva.
O Sindicato irá realizar assembleias para manter os trabalhadores informados sobre a reforma da Previdência, “para solicitar aos trabalhadores a ampliação da pressão sobre os deputados federais da região para que eles votem contra a reforma e para manter a categoria mobilizada, pois a greve geral irá acontecer assim que a PEC voltar à pauta do Congresso Nacional”, informou
O Sindicato está comunicando as empresas sobre a mudança no horário do protesto contra a reforma da Previdência.

A história de Milton, o radialista boêmio

Jornal Cruzeiro do Sul

Escola de Música abre inscrições na segunda

Jornal Cruzeiro do Sul

Fim de Jogo

Jornal Cruzeiro do Sul

Votorantim tem dois casos suspeitos de febre amarela; uma pessoa morreu

Jornal Cruzeiro do Sul

Casal é detido com 11 kg de maconha

Jornal Cruzeiro do Sul

Sorocaba tem novo plantão de biometria

Jornal Cruzeiro do Sul

Copa América em ritmo de decisão neste fim de semana

Jornal Cruzeiro do Sul
 Lauro Campos

Grêmio São João América encara Bayern na decisão categoria principal - Foto - Assessoria América

O Grêmio Esportivo São João - América encara o Bayern de Votorantim na decisão  do título da categoria principal da Copa América de Futebol - 70 anos denominada João Flório.
 
O jogo único ocorrerá neste domingo 18 de fevereiro no Centro Esportivo de Pinheiros, na Zona Leste da cidade, às 10h30.
 
As duas equipes jogam em condições iguais sem nenhuma vantagem adquirida na fase anterior. Em caso de empate por qualquer resultado a decisão será através de cobrança de pênaltis.
 
Rodada dupla no SESI definiu os semifinalistas.
 
O Grêmio Esportivo São João em parceria com a equipe anfitriã acessou à final ao bater nas penalidades o Bonde dos Pangarés, de Piedade por 5 x 4 após empate por 0 x 0 no tempo regulamentar em jogo realizado no gramado do SESI, Votorantim na última quarta-feira.
 
No outro duelo o Bayern de Votorantim carimbou passaporte à final ao cravar 2 x 0 em cima do Gerações Unidas,com gols anotados por Jeferson e Régis um em cada tempo.
 

Horário de Verão será encerrado à meia-noite de hoje


Jornal Cruzeiro do Sul
Para Reinaldo da Rosa, que acorda diariamente às 5h30, a mudança não afeta a rotina - EMIDIO MARQUES



A redução no consumo de energia elétrica na área de concessão da CPFL Piratininga durante os 126 dias de vigor do horário de verão, que termina neste domingo, alcançou 9.759 MWh. De acordo com o balanço divulgado na quinta-feira pela concessionária que abrange 27 municípios do interior e litoral de São Paulo, a economia representa a energia consumida durante um dia em Sorocaba, ou por oito dias em Votorantim e 15 dias em São Roque. Com o término do horário de verão à meia-noite de hoje, os relógios devem ser atrasados em uma hora. 

O horário especial não afeta os Estados da região Norte e Nordeste do País. Dessa forma, quem deve atrasar o ponteiros em uma hora é a população dos Estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, e Espírito Santo, além de São Paulo. O Distrital Federal também está inserido na medida de redução de energia elétrica. 

Segundo a A CPFL Piratininga, distribuidora da CPFL Energia que atende 1,5 milhão de clientes em sua área de concessão, a redução de consumo em 9.759 MWh representa volume suficiente para atender por 20 dias o município de Ibiúna, por exemplo, ou por até 168 dias o município de Alumínio. A economia de energia poderia também abastecer, na Baixada Santista, a cidade de Santos por dois dias, assim como Cubatão, ou seis dias em São Vicente, ou ainda, cinco em Praia Grande ou até 27 de dias no Guarujá. 

De acordo com o diretor de Distribuição da CPFL Energia, Thiago Freire Guth, os resultados mostram que a adoção do horário de verão é um fator capaz de melhorar o aproveitamento da luz natural e de reduzir o consumo de energia elétrica, especialmente a demanda no horário de pico, das 18h às 21h. 

Ainda segundo o executivo, o deslocamento do horário oficial em uma hora, contribui para diluir, por um período maior, os riscos de sobrecarga no sistema elétrico, no momento em que o sistema é mais demandado. Isso porque, conforme explica, "normalmente as pessoas começam a chegar em suas casas a partir das seis da tarde, sendo que uma das primeiras ações é acender a luz. Na mesma hora, entram em operação a iluminação pública e os luminosos comerciais. No período do horário de verão, com o adiantamento dos relógios em uma hora, as cargas das residências e de iluminação pública passam a operar após às 19h, quando o consumo industrial já está reduzindo", explica Guth. 

Indiferente


Fernando não vê mudança -  EMIDIO MARQUESFernando não vê mudança - EMIDIO MARQUES


Embora o horário de verão gere, normalmente, opiniões contraditórias sobre sua vigência e término, três pessoas ouvidas ontem pela reportagem disseram que a medida, que visa reduzir o consumo de energia elétrica entre 18h e 21h, não afetam seus dia a dia. 

Para o pintor Reinaldo Antonio da Rosa, sua rotina não se altera por conta do horário de verão, e por isso, segundo ele, não há preferência pela sua vigência ou término. Acostumado a acordar às 5h30 para trabalhar, ele disse que "ter o relógio adiantado ou atrasado em uma hora não muda praticamente nada." Os estudantes universitários Cláudia Herrera e Fernando Bernardo Garcia, também afirmam que o horário normal e o de verão são "quase a mesma coisa".

Febre Amarela: mais de 40 mil pessoas já foram vacinadas contra a doença em Itu

Jornal Periscopio

Esquema de vacinação no município vem transcorrendo tranquilamente nos últimos dias/ Foto – Beatriz Pires


Após o pronunciamento da Secretaria de Saúde sobre os dois casos confirmados de febre amarela em Itu, muitas pessoas ficaram apreensivas em relação às reações adversas da vacina. Lúcia Helena Rubira Pacífico, enfermeira responsável pela VIEP (Vigilância Epidemiológica) da Prefeitura de Itu, discursou na Tribuna Livre da 2ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Vereadores na última quinta-feira (15) sobre a enfermidade.

Segundo ela, no dia 18 de dezembro de 2017 todos os municípios dos 33 que participam da regional de saúde do Corpo de Vigilância do Estado foram chamados em Sorocaba para promover uma ação de intensificação de vacinação da febre amarela. A ação foi feita porque Itu estava na região onde já tinham acontecido as epizootias – mortes dos primatas –, como Mairinque, Piedade, São Roque, Sorocaba e Votorantim, fazendo com que a Secretaria de Estado promovesse essa ação de intensificação, já que na época era necessário vacinar as pessoas que estavam no corredor ecológico que pertencia a esses municípios. Moradores que residiam e trabalhavam nas áreas do distrito do Pirapitingui, Varejão e Taperinha, por exemplo, tinham que ser vacinadas.

A SUCEN (Superintendência de Controle de Endemias) e Divisão de Imunização do Estado de São Paulo solicitaram a intensificação nas áreas delimitadas por eles, que eram por onde o vírus silvestre da febre amarela estava circulando. Logo no início de janeiro, as ações foram iniciadas, vacinando as pessoas dos bairros Cidade Nova, Vila Martins, Novo Mundo, Portal do Éden e Potiguara.

No dia 5 de fevereiro, os 20 municípios da DRS (Diretoria Regional de Saúde) de Sorocaba foram chamados novamente, saindo da área de intensificação – apenas para pessoas que residem, trabalham ou viajam para áreas de risco – da vacinação, adentrando na área da campanha – destinada a toda a população.

Como foram confirmados dois casos na cidade, a Secretaria de Saúde realizou uma intensificação da vacinação no Carnaval. Entre os dias 10 e 13 (dias do feriado de Carnaval), foram vacinadas mais de oito mil pessoas.

Lúcia, discursando sobre o medo das pessoas em se vacinarem, explicou o assunto. “Há duas situações: a reação vacinal – uma reação esperada, geralmente sendo dor local, dor de cabeça ou mal-estar –  e o evento adverso grave. No Estado de São Paulo, os eventos adversos graves ocorrem um em cada um milhão de aplicações. Há alguns eventos adversos graves no Estado de São Paulo, mas nem todos resultam em óbito”, contou, acrescentando que no Estado há 63 casos confirmados de Febre Amarela. Desses 63, 38% são casos de letalidade. Nas epidemias de Minas Gerais e no Espírito Santo, no ano de 2017, a taxa de letalidade foi de 50%.

A campanha na cidade

A Secretaria de Saúde de Itu informa que, de acordo com o último boletim epidemiológico datado de 14 de fevereiro, já foram vacinadas na cidade 44.912 habitantes. A preconização do Ministério da Saúde é que a vacinação atinja 85% da população, mas a Secretaria Municipal de Saúde tem se empenhado para ultrapassar essa porcentagem. A vacinação ocorrerá até a taxa de 85% da população ser vacinada.

Para se vacinar, é importante levar a Caderneta de Vacinação, mas caso a pessoa não possua, será providenciada uma no ato da vacina. Para as pessoas que viajarão para o exterior, também é imprescindível apresentar a passagem aérea.

A vacinação acontece de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS), e também nos seguintes locais: Ambulatório de Especialidades Médicas (AEM I), no Ambulatório de Especialidades Médicas (AEM II), no Ambulatório de Moléstias Infecciosas (AMI), no Centro de Referência da Mulher (CRM) e no Centro de Atendimento ao Idoso Municipal Especializado (Caime), das 8h às 12h.

No Centro de Vigilância em Saúde (CVS), a partir das 8h, localizado na Rua Aristides de Assumpção Menabó, 75, somente será vacinado quem viajará para o exterior mediante apresentação de passagem aérea. Nos Pronto Atendimento Municipais (PAM), situados no Parque Industrial e na Vila Martins, das 7h às 22h. O tempo de espera para a vacina é de 20 a 30 minutos, no máximo.

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Desde a última semana, Parque do Matão não registra morte de macaco

Diário de Sorocaba

(Foto: Arquivo/DS)

FEBRE AMARELA

Desde a divulgação do último boletim na sexta-feira (9), o Parque do Matão, em Votorantim, não registrou novas mortes de macaco. Até o momento, 30 macacos bugios foram encontrados mortos no interior do Parque. De acordo com a Secretaria da Saúde do Município, em cinco dos macacos mortos os laudos do Instituto Adolfo Lutz retornaram oficialmente à Prefeitura confirmando a morte pelo vírus da febre amarela silvestre.

Conforme o Departamento de Vigilância em Saúde, esse número já era esperado, tendo em vista que os macacos vivem livremente no Parque do Matão e o vírus foi detectado no local. Para a Vigilância, o número de primatas mortos independe, porém, para o desencadeamento das ações de imunização que estão em andamento desde o dia 12 de janeiro, seguindo os critérios da Secretaria de Estado da Saúde.

Até esta sexta-feira (16), mais de 32 mil doses da vacina contra a febre amarela foram aplicadas em Votorantim, com todas as Unidades Básicas de Saúde da cidade aplicando-as. Nas 15 unidades, o munícipe pode retirar as senhas a partir das 7 horas em dias úteis.

O Parque do Matão segue fechado para visitação pública.

CASOS SUSPEITOS – Por outro lado, a Secretaria da Saúde do Município também informou que está investigando dois casos suspeitos de febre amarela na cidade, o primeiro de uma criança de 1 ano, moradora do Altos de Votorantim, e o segundo de um homem de 87 anos, morador do Jardim Tatiana, que morreu no último dia 10. Até o momento, Votorantim não tem nenhum caso confirmado da doença em humanos.

Em ambos os casos, o atendimento dos pacientes foi realizado em Sorocaba. A criança deu entrada no final de janeiro em um hospital particular, onde foram coletados os exames e já teve alta hospitalar. Com relação ao idoso, ele foi atendido na rede pública, que notificou a suspeita e realizou a coleta dos exames no dia 9.

Votorantim investiga dois casos suspeitos de febre amarela

Por G1 Sorocaba e Jundiaí

A Prefeitura de Votorantim (SP) investiga dois casos suspeitos de febre amarela na cidade. O município ainda não tem nenhum caso confirmado da doença em humanos.

A Prefeitura de Votorantim (SP) investiga dois casos de febre amarela (Foto: Secom/PMU)
Parque do Matão, em Votorantim (SP) (Foto: Reprodução/TV TEM)

Um dos casos é o de uma criança de um ano que mora do bairro Altos de Votorantim. O segundo caso investigado é o de um homem que morreu, no último sábado (10), aos 87 anos. Ele morava no Jardim Tatiana.

De acordo com a prefeitura, o atendimento aos dois pacientes foi feito em Sorocaba. A criança de um ano, que já teve alta, deu entrada no final de janeiro em um hospital particular, onde foram coletados os exames para a análise.

Nesta sexta-feira (16), agentes do Centro de Controle de Zoonoses fizeram ações de nebulização e bloqueio no entorno da residência do morador do Jardim Tatiana, além de visitas casa a casa para remover e tratar criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika, chikungunya e febre amarela.

Campanha de vacinação
Segundo a Secretaria de Saúde de Votorantim, 32 mil doses da vacina já foram aplicadas na cidade. O município iniciou as ações de imunização desde que foi constatada a morte por febre amarela silvestre de um dos macacos encontrados mortos no Parque do Matão.

Seguindo os protocolos da Secretaria de Estado da Saúde e do Ministério da Saúde, as ações começaram no entorno do parque, com vacinação casa a casa, em postos fixos e nas escolas. Desde quinta-feira (15) todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) da cidade aplicam a vacina.


Cartório de Votorantim atende eleitor em horário ampliado

http://www.tre-sp.jus.br/



Ampliação do horário de atendimento visa a melhor atender o eleitor da cidade, onde a biometria é obrigatória
O cartório eleitoral de Votorantim ampliou seu horário nos meses de fevereiro e março, e atende o público das 9h às 18h. O prazo para o cadastramento biométrico termina em 23 de março. O eleitor deve cadastrar as digitais para votar nas eleições de 2018, pois já será identificado pela biometria no município.
O movimento no cartório está intenso, com cerca de 220 atendimentos diários, mas o horário ampliado reduziu o tempo de espera. O eleitor pode comparecer diretamente sem a necessidade de agendar. Caso prefira, tem a opção de agendar (link) para março, já que não há mais vagas para fevereiro. O cartório disponibiliza cerca de 70 vagas diariamente para agendamento.
Votorantim tem 90.481 eleitores, dos quais 57.783 (64%) se cadastraram até agora. Quem não se cadastrar está sujeito ao cancelamento do título, que gera, além do impedimento de votar, restrições civis, como tirar passaporte, matricular-se em estabelecimento de ensino oficial, tomar posse em cargo público e obter empréstimo em bancos públicos.
O eleitor tem também a opção de ser atendido no Posto de Atendimento do shopping Iguatemi Esplanada e na unidade do Poupatempo, ambos em Sorocaba. O Posto do Poupatempo não oferece a opção de agendar, e o atendimento está sujeito à distribuição de senhas.

O que levar
No dia do atendimento, o eleitor deve levar documento oficial de identificação original com foto, comprovante de residência emitido nos últimos três meses e título eleitoral, caso o tenha.

Cartório eleitoral
Atendimento de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h.
Rua João Walter, 262, Centro. Votorantim.
Locais de atendimento em Sorocaba
Posto de Biometria no shopping Iguatemi Esplanada, de segunda a sexta, das 9h às 19h. Av. Profª Izoraida Marques Peres, 401. Sorocaba.
Poupatempo, de segunda a sexta, das 9h às 17h, e no sábado, das 9h às 13h. Rua Leopoldo Machado, 525, Centro. Sorocaba.


Votorantim investiga casos suspeitos de febre amarela


Exames coletados aguardam laudo do Instituto Adolfo Lutz; ações de bloqueio são realizadas


 
A Secretaria da Saúde de Votorantim informa que está investigando dois casos suspeitos de febre amarela na cidade, o primeiro de uma criança de um ano, moradora do Altos de Votorantim e o segundo, de um homem de 87 anos, morador do Jardim Tatiana, que morreu no último dia 10. Até o momento, Votorantim não tem nenhum caso confirmado da doença em humanos.
De acordo com a Secretaria, todos os procedimentos estão sendo realizados até que o resultado dos exames seja divulgado pelo Instituto Adolfo Lutz. Nesta sexta-feira (16) agentes do Centro de Controle de Zoonoses realizaram ações de nebulização e bloqueio no entorno da residência do morador do Jardim Tatiana, além de visitas casa a casa para remover e tratar os criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika, chikungunya e febre amarela.
Em ambos os casos, o atendimento dos pacientes foi realizado em Sorocaba. A criança de um ano deu entrada no final de janeiro em um hospital particular, onde foram coletados os exames. Ainda de acordo com a Secretaria, a criança já teve alta hospitalar. Com relação ao idoso, ele foi atendido na rede pública de Sorocaba, que notificou a suspeita e realizou a coleta dos exames no último dia 9.
 A Secretaria destaca que, tendo em vista o quadro epidemiológico em todo o Estado é importante identificar e investigar quadros suspeitos da doença. Segundo o Ministério da Saúde, os sintomas iniciais da febre amarela incluem o início súbito de febre, calafrios, dor de cabeça intensa, dores nas costas, dores no corpo em geral, náuseas e vômitos, fadiga e fraqueza. Em casos graves, a pessoa pode desenvolver febre alta, icterícia (coloração amarelada da pele e do branco dos olhos), hemorragia (especialmente a partir do trato gastrointestinal) e, eventualmente, choque e insuficiência de múltiplos órgãos.

Imunização

 O município de Votorantim iniciou as ações de imunização em 12 de janeiro, desde que foi constatada a morte por febre amarela silvestre de um dos macacos encontrados mortos no Parque do Matão. Seguindo os protocolos da Secretaria de Estado da Saúde e do Ministério da Saúde, as ações se iniciaram no entorno no parque, com vacinação casa a casa, em postos fixos e nas escolas, ampliando-se, desde a última quinta-feira (15) para todas as 15 UBSs (Unidades Básicas de Saúde) da cidade.
A relação dos locais e o esquema completo da vacinação podem ser encontrados no site da Prefeitura em www.votorantim.sp.gov.br e na página oficial do facebook, em www.facebook.com/prefeituravotorantim.


A.I. PMV

Parque do Matão não registrou morte de macaco na última semana

 

Até o momento, 30 macacos bugios foram encontrados mortos no recinto do parque, em cinco deles laudos constataram febre amarela


Desde a divulgação do último boletim na sexta-feira (09), o Parque do Matão, localizado no Parque Bela Vista não registrou morte de macaco. Até o momento 30 macacos bugios foram encontrados mortos no interior do parque. De acordo com a Secretaria da Saúde (Sesa), em cinco dos macacos mortos os laudos do Instituto Adolfo Lutz retornaram oficialmente à Prefeitura, confirmando a morte pelo vírus da febre amarela silvestre.
Conforme o Departamento de Vigilância em Saúde essa quantidade já era esperada, tendo em vista que os macacos vivem livremente no parque e o vírus foi detectado no local. Para a Vigilância, o número de primatas mortos independe para o desencadeamento das ações de imunização que estão em andamento desde o último dia 12 de janeiro, seguindo os critérios da Secretaria de Estado da Saúde.
Até esta sexta-feira (16), mais de 32 mil doses da vacina contra a febre amarela foram aplicadas no município. Lembrando que todas as Unidades Básicas de Saúde da cidade estão aplicando a vacina. Nas 15 unidades, o munícipe pode retirar as senhas a partir das 7h.
A Secretaria da Saúde encaminha o boletim semanal às sextas-feiras, atualizando o quadro epidemiológico em relação aos primatas que estão sendo encontrados mortos no parque do Matão. O local segue fechado para visitação pública.


A.I. PMV

Semifinal do Juvenil de Futebol começa neste sábado


Quatro equipes começam neste sábado (17) a caminhada ao título do Campeonato Juvenil de Futebol, promovido pela Prefeitura de Votorantim, por meio da Secretaria de Desporto (Sedesp).

Na última rodada da fase de grupos os resultados foram os seguintes: No Cermag, o América venceu por 4 a 0 o Flamengo. Já no Santo Antonio, o Desportivo Vila Garcia empatou com o Santos Dumont/Bar do Lupa por 2 a 2. Essas quatro equipes se classificaram para as semifinais.

Neste sábado (17), acontece a primeiro jogo das semifinais, se enfrentam América/CJA Sports/Itaporanga x Desportivo Vila Garcia às 15 e  Santos Dumont/Bar do Lupa x Flamengo às 17h. Ambos os jogos serão no Estádio Municipal "Domenico Paolo Metidieri". A primeira partida está marcada para às 15h e a segunda para às 17h.

 

A.I. PMV


Prefeitura de Votorantim abre vagas para cursos da Escola de Música “Maestro Nilson Lombardi”



Os cursos abrangem diversas vertentes musicais. As inscrições são gratuitas e as  vagas serão preenchidas através de testes ou ordem de inscrição de acordo com o curso


A Prefeitura de Votorantim, por meio da Secretaria de Cultura, Turismo e Lazer (Sectur), abre a partir de segunda-feira (19) inscrições para cursos da Escola de Música de Votorantim "Maestro Nilson Lombardi". O edital completo foi publicado na edição desta sexta-feira (16) do Jornal Município de Votorantim.

 As mais de 100 vagas serão divididas nos cursos de Percussão, Flauta Transversal, Canto Lírico, Violão Clássico, Prática em Grupo de Violão Clássico (Orquestra de Violões) e Canto Coral. Para estes cursos as vagas serão preenchidas por teste de seleção.

Já para os cursos de Violão Popular, Teoria Musical, Musicalização Infantil e Percussão (preparatório) o preenchimento das vagas será por ordem de inscrição.

Os cursos são gratuitos e, neste momento, serão aceitas inscrições somente de residentes em Votorantim, além da necessidade de cumprimento de requisitos específicos de cada modalidade.

As inscrições serão exclusivamente online, e poderão ser realizadas a partir das 8h do dia 19 até o limite estipulado de inscritos ou até o dia 28. Os interessados que não possuírem acesso à internet poderão utilizar o Posto Acessa-SP na Biblioteca Municipal João Kruguer e a Sala Multimídia no CEU das Artes do Jardim Cristal.

Os editais com todas as informações e links para inscrições estão disponíveis no seguinte endereço: https://sites.google.com/view/secturvotorantim .


Fotos: Jesse James
A.I. PMV

Escola abre vagas para aulas de música em Votorantim

Jornal Cruzeiro do Sul

Os cursos são gratuitos e são oferecidas mais de 100 vagas - JESSE JAMES / DIVULGAÇÃO


A Prefeitura de Votorantim abre a partir de segunda-feira (19) inscrições para cursos da Escola de Música de Votorantim Maestro Nilson Lombardi. O edital completo foi publicado na edição desta sexta-feira (16) do Jornal Município de Votorantim.

As mais de 100 vagas serão divididas nos cursos de Percussão, Flauta Transversal, Canto Lírico, Violão Clássico, Prática em Grupo de Violão Clássico (Orquestra de Violões) e Canto Coral. Para estes cursos as vagas serão preenchidas por teste de seleção.

Já para os cursos de Violão Popular, Teoria Musical, Musicalização Infantil e Percussão (preparatório) o preenchimento das vagas será por ordem de inscrição.

Os cursos são gratuitos e, neste momento, serão aceitas inscrições somente de residentes em Votorantim, além da necessidade de cumprimento de requisitos específicos de cada modalidade.

As inscrições serão exclusivamente online, e poderão ser realizadas a partir das 8h do dia 19 até o limite estipulado de inscritos ou até o dia 28. Os interessados que não possuírem acesso à internet poderão utilizar o Posto Acessa-SP na Biblioteca Municipal João Kruguer e a Sala Multimídia no CEU das Artes do Jardim Cristal.

Os editais com todas as informações e links para inscrições estão disponíveis no link https://sites.google.com/view/secturvotorantim.

Grupo é flagrado com drogas e acaba preso ao tentar subornar policiais

Por G1 Sorocaba e Jundiaí

Polícia encontrou tijolos de maconha no porta-malas de um carro em Votorantim e em favela de Carapicuíba (SP). Integrante ofereceu entorpecente em troca da liberdade.

Drogas foram apreendidas pela Polícia Militar em Votorantim (SP) e Carapicuíba (SP) (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Quatro pessoas foram presas por tráfico de drogas, na madrugada nesta sexta-feira (16), em Votorantim (SP). Uma mulher, integrante do grupo, tentou subornar os policiais.

Os policiais abordaram dois veículo na rua Francisco Nunes de Carvalho, um conseguiu fugir e o outro foi localizado na rodovia Dr. Miguel Affonso Ferreira de Castilho. No porta-malas do carro foram encontrados cinco tijolos de maconha.

De acordo a polícia, a mulher ofereceu uma quantidade maior de drogas em troca da liberdade dela e dos outros três homens. Ao chegarem no local onde o restante da droga estaria, em Carapicuíba (SP), foi encontrada uma mochila com 15 tijolos de maconha dentro de um barraco abandonado.

O grupo foi levado pelos policiais à delegacia de Votorantim, onde permaneceram à disposição da justiça.

Criança e idoso deixam Votorantim em alerta: aumentam casos suspeitos de febre amarela

Jornal Ipanema



A Secretaria da Saúde de Votorantim informa que está investigando dois casos suspeitos de febre amarela na cidade, o primeiro de uma criança de um ano, moradora do Altos de Votorantim e o segundo, de um homem de 87 anos, morador do Jardim Tatiana, que morreu no último dia 10. Até o momento, Votorantim não tem nenhum caso confirmado da doença em humanos.

De acordo com a Secretaria, todos os procedimentos estão sendo realizados até que o resultado dos exames seja divulgado pelo Instituto Adolfo Lutz. Nesta sexta-feira (16) agentes do Centro de Controle de Zoonoses realizaram ações de nebulização e bloqueio no entorno da residência do morador do Jardim Tatiana, além de visitas casa a casa para remover e tratar os criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika, chikungunya e febre amarela.

Em ambos os casos, o atendimento dos pacientes foi realizado em Sorocaba. A criança de um ano deu entrada no final de janeiro em um hospital particular, onde foram coletados os exames. Ainda de acordo com a Secretaria, a criança já teve alta hospitalar. Com relação ao idoso, ele foi atendido na rede pública de Sorocaba, que notificou a suspeita e realizou a coleta dos exames no último dia 9.

A Secretaria destaca que, tendo em vista o quadro epidemiológico em todo o Estado é importante identificar e investigar quadros suspeitos da doença. Segundo o Ministério da Saúde, os sintomas iniciais da febre amarela incluem o início súbito de febre, calafrios, dor de cabeça intensa, dores nas costas, dores no corpo em geral, náuseas e vômitos, fadiga e fraqueza. Em casos graves, a pessoa pode desenvolver febre alta, icterícia (coloração amarelada da pele e do branco dos olhos), hemorragia (especialmente a partir do trato gastrointestinal) e, eventualmente, choque e insuficiência de múltiplos órgãos.

Imunização

O município de Votorantim iniciou as ações de imunização em 12 de janeiro, desde que foi constatada a morte por febre amarela silvestre de um dos macacos encontrados mortos no Parque do Matão. Seguindo os protocolos da Secretaria de Estado da Saúde e do Ministério da Saúde, as ações se iniciaram no entorno no parque, com vacinação casa a casa, em postos fixos e nas escolas, ampliando-se, desde a última quinta-feira (15) para todas as 15 UBSs (Unidades Básicas de Saúde) da cidade.

A relação dos locais e o esquema completo da vacinação podem ser encontrados no site da Prefeitura em www.votorantim.sp.gov.br e na página oficial do facebook, em www.facebook.com/prefeituravotorantim.

Polícia prende quatro e apreende 20 tijolos de maconha em Votorantim

Jornal Ipanema



Três homens e uma mulher foram presos na madrugada desta sexta-feira (16) por tráfico de drogas em Votorantim. A operação foi feita pela Polícia Militar. Na ocorrência também foram apreendidos 20 tijolos de maconha. Para tentar escapar da prisão, um dos suspeitos chegou a subornar os policiais oferecendo-os drogas.

Durante o patrulhamento pela rua Francisco Nunes de Carvalho, na Vila Amorim, a Polícia Militar localizou dois veículos, sendo um táxi com placa de Carapicuíba, em atitude suspeita. Ao perceber a presença da viatura, eles tentaram fugir, mas foram abordados. Havia quatro suspeitos no carro, sendo um do sexo feminino.

De acordo com informações da PM, todos foram presos e a indiciada ofertou uma quantia maior de drogas em troca da liberdade de todos. Após o grupo indicar o local onde havia mais entorpecentes, uma equipe da PM em Carapicuíba seguiu até o local informado. Os policiais localizaram uma quantia de mais 15 tijolos de maconha em uma mochila dentro de um barraco abandonado nesta cidade.

Com apoio da equipe do Comando de Força Patrulha foi feito o transporte da droga totalizando 20 tijolos de maconha.

A ocorrência está em andamento pelo Distrito Policial Central de Votorantim.

CPFL Piratininga faz balanço de economia com o horário de verão

http://www.segs.com.br/

Redução no consumo de energia elétrica durante os 126 dias de vigor do horário especial na área de concessão alcançou 9.759 MWh

A CPFL Piratininga, distribuidora da CPFL Energia que atende 1,5 milhão de clientes em 27 municípios do interior e litoral de São Paulo, acaba de fazer um balanço do horário de verão, que termina a zero hora do próximo domingo, 18 de fevereiro, quando os relógios devem ser atrasados em uma hora.

De acordo com levantamento da distribuidora, que atende 27 cidades no interior de São Paulo e Baixada Santista, a redução no consumo de energia elétrica durante os 126 dias de vigor do horário especial na área de concessão alcançou 9.759 MWh – volume suficiente para atender por 20 dias o município de Ibiúna, por exemplo, ou por até 168 dias o município de Alumínio.

A economia de energia elétrica no período seria capaz de abastecer, na Baixada Santista, por dois dias o consumo da cidade de Santos, ou dois dias o consumo de Cubatão, ou seis dias de São Vicente, ou cinco de Praia Grande ou até 27 dias do Guarujá.

Já no interior, o volume de energia economizada seria capaz de abastecer por um dia o consumo de Sorocaba, ou por oito dias em Votorantim, ou por cinco dias em Itu, ou por um em Jundiaí, ou quatro dias em Indaiatuba e até 17 em São Roque.

De acordo com o diretor de Distribuição da CPFL Energia, Thiago Freire Guth, os resultados mostram que a adoção do horário de verão é um fator capaz de melhorar o aproveitamento da luz natural e de reduzir o consumo de energia elétrica, especialmente a demanda no horário de pico, das 18 às 21 horas.

Para o executivo, o deslocamento do horário oficial em uma hora, contribui para diluir, por um período maior, os riscos de sobrecarga no sistema elétrico, no momento em que o sistema é mais demandado.

“Normalmente, as pessoas começam a chegar em suas casas a partir das seis da tarde, sendo que uma das primeiras ações é acender a luz. Na mesma hora, entram em operação a iluminação pública e os luminosos comerciais. No período do horário de verão, com o adiamento dos relógios em uma hora, as cargas das residências e de iluminação pública passam a operar após às 19 horas, quando o consumo industrial já está reduzindo”, explica Guth.

Abaixo, a estimativa de dias que o total de energia economizada pela distribuidora poderia suprir nos maiores municípios de sua concessão:


Dicas para o consumo consciente de energia elétrica

Mesmo com o fim do horário de verão, a CPFL Piratininga incentiva que seus clientes continuem praticando o consumo inteligente de energia. São várias as dicas para reduzir o consumo, sem comprometer o conforto:

1 – Chuveiro

- Nos dias quentes, coloque o chuveiro no modo "verão" (o consumo será cerca de 30% menor). Em cidades mais quentes, é possível até desligar o chuveiro;
- Limpe periodicamente os orifícios de saída de água do chuveiro;
- Tome banhos mais rápidos e desligue a torneira ao se ensaboar;
- Uma boa opção também são os aquecedores solares para água, que cada vez mais possuem preços atrativos e demandam baixa manutenção;
- Nunca reaproveite uma resistência queimada. Isso provoca o aumento do consumo e coloca em risco a segurança do usuário;

2 – Geladeira

Instale a geladeira em local bem ventilado, desencostada de paredes ou móveis, longe de raios solares e fontes de calor, como fogões e estufas;

- Nunca utilize a parte traseira da geladeira para secar panos, roupas ou tênis;
- Nunca coloque alimentos quentes na geladeira;
- Não forre as prateleiras da geladeira. A falta de ar circulando entre as prateleiras exige mais consumo de eletricidade;
- Não deixe a porta da geladeira aberta por muito tempo e não se esquecer de manter as borrachas de vedação da porta em bom estado. Um bom teste é colocar uma folha de papel, fechar a porta da geladeira e tentar retirá-la. Se a folha sair muito fácil, pode ser que a borracha já esteja precisando de manutenção;

3 – Ar condicionado

- Quando o uso do ar condicionado for inevitável, o ideal é utilizá-lo da melhor maneira possível, evitando a conexão por longos períodos. Na função “timer”, deixar durante a noite por volta dos 23º, que mantém o ar numa temperatura agradável e não provoca esforço demasiado nos equipamentos;
- Os equipamentos de ar condicionado também possuem selo Procel, e é interessante que isto seja observado na compra, sempre buscando aparelhos com selo A;
- Manter os filtros do ar limpos também é uma ótima iniciativa de economia, pois assim o motor não se esforçará mais que o ideal.

4 – Iluminação

- Apague a luz ao sair de um ambiente;
- A substituição das lâmpadas incandescentes e fluorescentes para tecnologia LED é importante também quando pensamos no aquecimento do ambiente, sendo que a incandescente aquece muito, e a LED é fria. Não aumentando o aquecimento do ambiente, é possível utilizar menos o ar condicionado e ventilador. Se para iluminar uma cozinha utiliza-se uma lâmpada incandescente de 100 Watts, a substituição por uma modelo a LED pode trazer uma economia de até 80%;

5 – Outros equipamentos e ambientes

- Não durma com a televisão ligada;
- Limpe o filtro da máquina de lavar, com frequência;
- Acumule roupas para lavar e também para passar. O tempo para aquecer o ferro representa um consumo bem alto. É melhor que isso seja feito menos vezes;
- O ferro elétrico tem regulagem de temperatura. Procure separar as roupas por temperatura que serão passadas, assim pode tornar o uso mais econômico;
- Não use benjamins – item que serve para ligar vários aparelhos a uma só tomada e que a sobrecarrega;
- Sempre manter os ambientes bem arejados. Abrir cortinas e janelas ajuda na ventilação e reduz a necessidade de ar condicionado e ventiladores, além de manter o ar sempre renovado;

Histórico do Horário de Verão no Brasil

A edição 2017/2018 do horário de verão terá início no dia 15 de outubro e encerramento no dia 17 de fevereiro. Segundo o Ministério de Minas e Energia (MME), o horário de verão tem como objetivo principal a redução da demanda máxima do Sistema Interligado Nacional no período de ponta, ou seja, quando mais pessoas, empresas e indústrias estão utilizando a energia elétrica. Isso é possível porque a parcela de carga de iluminação passa a ser acionada mais tarde do que normalmente seria, motivada pelo adiantamento do horário.

A medida foi adotada pela primeira vez no Brasil em 1931, mas de forma consecutiva, acontece há 28 anos. Os estados que adotam a medida são: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal. Em 8 de dezembro de 2008, foi assinado pelo então presidente Luis Inácio Lula da Silva o decreto de número 6.558, que estabelece os padrões para as futuras horas de verão em parte do território nacional.

Sobre a CPFL Energia

A CPFL Energia, há 105 anos no setor elétrico, atua nos segmentos de distribuição, geração, comercialização e serviços. Desde janeiro de 2017, o Grupo faz parte da State Grid, estatal chinesa que é a segunda maior organização empresarial do mundo e a maior companhia de energia elétrica, atendendo 88% do território chinês e com operações na Itália, Austrália, Portugal, Filipinas e Hong Kong.

Com 14,3% de participação, a CPFL Energia é líder no mercado de distribuição, totalizando mais de 9,1 milhões de clientes em 679 cidades, entre os estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná. Na comercialização, é uma das líderes no mercado livre, com participação de mercado de 14,1% na venda para consumidores finais. É líder na comercialização de energia incentivada para clientes livres entre as comercializadoras.

Na geração, é a terceira maior agente privada do País, com um portfólio baseado em fontes limpas e renováveis, como grandes hidrelétricas, usinas eólicas, térmicas a biomassa, Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH) e usina solar. Considerando a participação acionária na CPFL Renováveis, maior empresa de geração da América Latina a partir de fontes alternativas de energia, a capacidade instalada do Grupo CPFL alcançou 3.283 MW, no final do terceiro trimestre de 2017.

A CPFL Energia possui ações listadas no Novo Mercado da BM&FBovespa e ADR Nível III na NYSE, além de participar do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3 pelo 13º ano consecutivo. O Grupo também ocupa posição de destaque em arte e cultura, entre os maiores investidores brasileiros, por meio do Instituto CPFL.

Votorantim: homem morre com suspeita de febre amarela

Jornal Cruzeiro do Sul

Votorantim tem dois casos suspeitos de febre amarela em humanos que aguardam laudos do Instituto Adolfo Lutz. Os casos envolvem uma criança de um ano, moradora do Altos de Votorantim, e um idoso de 87 anos, morador do Jardim Tatiana. O homem morreu no último dia 10 e a criança passa bem. As informações são da Secretaria da Saúde de Votorantim e foram divulgadas na tarde desta sexta-feira (16).

Conforme informa a pasta, o atendimento dos pacientes foi realizado em Sorocaba. A criança deu entrada no final de janeiro em um hospital particular da cidade, onde foram coletados os exames. Ainda de acordo com a secretaria, ela já teve alta hospitalar. Já o idoso foi atendido na rede pública de saúde de Sorocaba, que notificou a suspeita e realizou a coleta dos exames no último dia 9. "Todos os procedimentos estão sendo realizados até que o resultado dos exames seja divulgado pelo Instituto Adolfo Lutz. Nesta sexta-feira (16) agentes do Centro de Controle de Zoonoses realizaram ações de nebulização e bloqueio no entorno da residência do morador do Jardim Tatiana, além de visitas casa a casa para remover e tratar os criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika, chikungunya e febre amarela", diz a Secretaria de Saúde.

A pasta informou ainda que o município iniciou as ações de imunização em 12 de janeiro, desde que foi constatada a morte por febre amarela silvestre de um dos macacos encontrados sem vida no Parque do Matão. Seguindo os protocolos da Secretaria de Estado da Saúde e do Ministério da Saúde, as ações se iniciaram no entorno no parque, com vacinação casa a casa, em postos fixos e nas escolas, ampliando-se, desde a última quinta-feira (15) para todas as 15 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da cidade.

Mais cedo, a Prefeitura de Votorantim divulgou informações com relação às mortes de macacos na cidade. Até o momento, 30 animais já foram encontrados mortos, sendo que em cinco deles foi constatada a febre amarela.

Horário de verão termina com economia expressiva

Diário de Sorocaba


Ouça a Rádio Cultura Votorantim